Publicado em

Como acender carvão para churrasco da maneira certa

Quem não gosta de reunir as pessoas e organizar um delicioso churrasco com os amigos ou a família? No grupo de responsáveis por esse evento sempre contamos com o “especialista de carnes” – que escolhe as carnes que vão para o fogo – o “especialista de bebidas” – que organiza a compra das bebidas e sua disposição na geladeira – e, é claro, o “especialista em carvão” – responsável por acender a churrasqueira.

O papel de “especialista em carvão” é sempre o mais difícil de ocupar, visto que poucas pessoas realmente sabem acender um carvão para churrasco da maneira certa. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que você cumpra essa tarefa com sucesso no próximo encontro com os amigos ou a família!

Passo #1: Escolha um carvão de qualidade
Para ter sucesso ao acender um carvão para churrasco, primeiramente, é preciso ter atenção para comprar um carvão de qualidade. Muitas vezes, economizar na compra desse item indispensável para seu churrasco, pode acabar lhe custando muito mais caro, já que carvões de má qualidade duram menos tempo e são mais difíceis de acender.

Passo # 2: Use carvões secos e prontos para a queima
Ao comprar um carvão, lembre-se sempre de armazená-lo em um local seco e seguro até a hora de utilizá-lo. Para que a chama consiga ser acessa com facilidade, os pedaços de carvão precisam estar extremamente secos e com nenhuma gotinha de umidade. A água pode dificultar o processo de queima do carvão, visto que o próprio álcool já tem um volume hídrico relativamente alto.

Passo # 3: Espalhe uma boa quantidade de carvão na churrasqueira
Para começar a preparar sua churrasqueira, pegue os carvões secos e distribua bem no espaço reservado para a queima. Alguns especialistas em churrasco preferem empilhar alguns carvões para facilitar que o fogo se espalhe mais facilmente, entretanto, você só precisa ter atenção para deixar os pedaços maiores de carvão no fundo da churrasqueira.

Passo # 4: Coloque álcool gel sobre o carvão para churrasco
Apesar de muitas pessoas utilizarem o álcool tradicional, também chamado de álcool 70%, para acender uma churrasqueira, é recomendável sempre preferir a versão em gel. O motivo é a menor concentração de água nesse tipo de álcool, situação que facilita a queima.

Passo # 5: Coloque o fogo em contato com o álcool
Na hora de acender o carvão, é preciso ter muito cuidado para não se queimar. Há quem prefira usar um fósforo aceso e colocar em contato com o álcool ou então explorar outras técnicas de levar o fogo até à mistura. Você pode acender um pão e colocá-lo no meio da churrasqueira, um pedaço de papel ou até mesmo usar um acendedor. A maneira que lhe parecer mais segura e que lhe deixar mais confortável é a que deve ser usada!

Passo # 6: Espere sua brasa ficar no ponto ideal para o churrasco
Não basta apenas acender o carvão e já começar a preparar as carnes. Uma boa brasa precisa de tempo para acender e ficar na temperatura ideal para o seu churrasco. Recomendamos que, após acesa, você espere cerca de 40 a 50 minutos para começar a trabalhar nas carnes e acompanhamentos que vão para a grelha.

Uma vez que você iniciou os preparos, sua brasa vai sempre precisar de atenção. Use pedaços de carvão para alimentá-la sempre que começar a perder calor e controle o fogo em excesso com o uso de cinzas produzidas com os carvões já queimados. Jamais use água ou outras técnicas para diminuir o fogo, ok?
Reserve alguns pedaços de carvão para churrasco para sempre alimentar o fogo quando for preciso aumentar a brasa. Recomendamos, entretanto, que você sempre conte com pelo menos dois sacos de carvão para evitar surpresas durante o preparo das carnes. 😉

Agora você aprendeu a usar o carvão da maneira certa não, é? Então não perca tempo e peça logo o carvão para o seu churrasco na Bittencourt Cardoso

Via content.paodeacucar.com

Publicado em

Oito dicas para usar corretamente o aquecedor a gás e economizar

Nesse friozinho de agosto, quem tem aquecedor à gás em casa é mais feliz não é mesmo?
Mas ele exige alguns cuidados de manutenção, portanto separamos algumas dicas para que você use sempre seu aquecedor da forma correta.

1 – Mantenha a manutenção do aquecedor em dia
“É aconselhável a revisão dos equipamentos a cada seis ou oito meses ou conforme a orientação do fabricante”, afirma Azevedo. Ele faz uma lista dos itens que precisam ser checados em cada revisão: dutos da chaminé, pressão, bicos de entrada do gás e da água e queimadores.

2 – Observe a vida útil do equipamento
O gerente da Compagas alerta para o prazo determinado pelo fabricante para a substituição do aquecedor. Quando esse prazo se esgota, é necessário trocar o equipamento.

3 – Cuidado com a temperatura
Regule a temperatura da água do aquecedor “de forma que seja necessário acionar somente o registro de água quente na hora do banho”, aconselha Azevedo. A prática de abrir tanto a torneira de água quente quanto a de água fria para “equilibrar” a temperatura aumenta o consumo de gás.

4 – Em caso de ausência, feche o registro de gás
Essa medida está ligada à segurança. Quando for passar vários dias fora de casa, por exemplo durante as férias, mantenha o registro do gás fechado. A medida vale também para o registro de gás do fogão.

5 – Fique de olho no funcionamento do aquecedor.
Caso ele não esteja acendendo imediatamente após a abertura da torneira de água quente, verifique se a instalação foi feita corretamente. Se necessário, chame um técnico.

6 – Não instale ou faça a manutenção do aquecedor por conta própria
Além da possibilidade de estragar o equipamento, esse tipo de atitude põe em risco sua segurança e a dos demais moradores da casa ou prédio. Quando se trata de equipamentos a gás, chame sempre “profissionais habilitados e/ou assistências técnicas autorizadas e com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea)”, recomenda Azevedo.

7 – Mantenha a ducha e as torneiras de água quente sempre limpas
Embora esses cuidados não influenciem o consumo de gás, segundo o especialista, eles permitem um controle melhor da temperatura desejada. “A sujeira na ducha pode afetar a vazão da água (para uma menor vazão) e, com isso, tem-se uma temperatura maior na ducha e diferente da registrada no aquecedor”.

8 – Durante o inverno, cuidado dobrado
“O mais indicado é que aquecedores a gás sejam instalados na área de serviço, porque costuma ser o ambiente mais arejado da casa. Essas indicações valem para o ano todo, mas no inverno, quando a tendência é manter portas e janelas fechadas, o cuidado deve ser maior”, afirma Azevedo.

Via Gazeta do Povo

Publicado em

O poder da água para o corpo

Beber ao menos dois litros do líquido por dia fazem um bem danado para o corpo. Além de regular as funções do organismo, pode hidratar nossa pele e cabelos, evitar problemas nos rins, controlar a saciedade, entre outros. Se você não é fã da famosa substância H2O é bom repensar esse gosto. Conheça todas as vantagens que ela pode trazer para o seu bem-estar e ponha essa fonte de nutrição de uma vez por todas na sua rotina.

SUA PELE MAIS BONITA
A água ajuda a eliminar as impurezas do organismo e melhorar a circulação sanguínea. O resultado disso tudo é uma pele mais bonita. Quando estamos bem hidratados, as rugas se tornam menos perceptíveis, o aparecimento da celulite diminui e o equilíbrio celular melhora.

UNHAS E CABELOS HIDRATADOS
Outros grandes beneficiados com o consumo da água são os cabelos e as unhas. Bebendo a quantidade correta os fios ficam mais brilhosos, macios, hidratados por muito mais tempo e protegidos contra as ações climáticas. As unhas não fogem dessas vantagens e ficam mais fortes e saudáveis.

ACABA COM O INCHAÇO
Quando bebemos bastante água nossos rins trabalham mais e, com isso, há menos retenção de líquido e sódio, principais responsáveis pelo inchaço. Além disso, com o corpo hidratado o volume de sangue aumenta e melhora a circulação.

EXCELENTE PARA OS RINS
Muito mais do que matar a sede e hidratar seu corpo e organismo, beber água é essencial para o bom funcionamento dos rins. Ela ajuda a eliminar os resíduos e nutrientes desnecessários, como o sódio, ureia e toxinas do corpo. Tem coisa melhor?

GRANDE ALIADA NO EMAGRECIMENTO
Beber água antes e depois das refeições ajuda muito a aumentar a sensação de saciedade. Ela também possui um grande papel no processo de digestão e melhora o funcionamento do intestino. Mas, é preciso lembrar que o líquido não é capaz de fazer todo trabalho sozinho. Pra que o resultado seja eficaz no emagrecimento, a prática de exercícios físicos regularmente e uma alimentação saudável também precisam ser consideradas.

REGULA O INTESTINO
Além de manter uma alimentação com frutas, legumes e fibras, beber água também ajuda muito no funcionamento correto do intestino. Tudo isso porque o aumento da ingestão de líquido auxilia todos esses alimentos a realizarem suas funções, facilitando a formação do bolo fecal e os movimentos intestinais que eliminarão os excessos do nosso corpo. Então, comece a adotar este hábito para sua vida. Só assim você terá um corpo bem mais saudável e longe de problemas.

Viu só? Então peça já sua água na Bittencourt Cardoso e faça esse bem para o seu corpo.

Via Sorriosiologia